sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Frases infames

Dia muuuuuito cansativo, nem tive tempo direito para nada! Olha a hora que eu tô tendo um pouco de paz! Ainda há pouco tive que sair feito um louca colando cartazes em todos os lugares do campus, nas coordenações, salas de professores, etc, simplesmente porque a coordenadora administrativa daqui só resolve me comunicar das coisas em cima da hora. E é claro que se alguém vai ter que sair doida atrás de avisar todo mundo que segunda-feira, às 18:00, haverá uma confraternização de natal com a presença do Reitor, certamente não será ela. Eu é que tenho que me virar nos trinta. Ela só chega aqui e diz: "Jullyane, rápido, avise todo mundo que vai ter confraternização segunda". Ótimo! E ela me avisa isso às cinco horas da tarde da sexta-feira!

Reunião do Conselho Departamental hoje de manhã, geralmente dia de muito trabalho, mas sempre me sinto bem porque os conselheiros são legais, me tratam bem e sempre me dizem que sou linda e que gostariam de ser o diretor e me ter por secretária executiva, assessorando-os. Bom, todo mundo gosta de elogio. Mas é claro que não dou muita trela porque senão as brincadeiras podem se tornar algo que eu não gostaria, mas eu sei contornar bem, não sou grossa com nenhum deles e nunca precisei, levo na esportiva. E eles sempre me respeitam. Até aí tudo bem, e apesar das inúmeras pautas da reunião, eu não tinha me aborrecido. Eis que na saída da reunião, eu cheia de processos na mão, livro de atas e anotações, sou abordada por um dos conselheiros: "Juliana, quando é que você vai entrar numa academia, num spa? A ração tá boa, hein? Você tá engordando!". Fiquei tão passada que nem tive cara para responder. Não por ele me chamar de JulianA, porque muitas pessoas não chamam meu nome corretamente e passei a deixar pra lá, apesar de que gosto de ser chamada pelo meu nome, corretamente, com "e" no final. Mas pela delicadeza dele. Não foi nem por ele me dizer que estou engordando, mas a forma maravilhosa que ele encontrou de me dizer isso. Voltei para minha sala com cara de amélia. Juro que por essa eu não esperava e poderia muito bem passar sem.

*******************

Fim de semana chegando, amanhã estarei em Teresina e vai ter show da Ivete. Acho que eu vou acabar indo, estou precisando desestressar, depois desse dia de cão. E Ivete é Ivete, todo mundo precisa. E vai todo mundo: Gg, Carol, Mayara e até Livia e a irmã, Liana, diretamente de São Luís, irão. Isso fora todos os meus amigos de Teresina que certamente estarão lá, acho que Teresina todinha vai estar lá. É, acho que vou acabar indo mesmo.

Para quebrar um pouco o post down, uma foto minha e de Angela, que trabalha comigo aqui na secretaria da direção. Isso foi hoje de manhã e é para participarmos do mural da Ufpi da Confraternização de Natal, mas é claro que na hora eu não sabia deste detalhe, né?


Beijos, beijos e um ótimo fim de semana!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Eu escrevo simples


"...eu só escrevo quando eu quero, eu sou uma amadora e faço questão de continuar a ser amadora. Profissional é aquele que tem uma obrigação consigo mesmo de escrever, ou então em relação ao outro. Agora, eu faço questão de não ser profissional, para manter minha liberdade."

(Clarice Lispector)

E eu concordo inteiramente com ela. Não sou profissional e nem quero ser, eu gosto de escrever, mas sobre o que eu quiser. Falar besteiras, clichês, ditados populares, cometer erros de ortografia, assassinar a sintaxe, filosofar de vez em quando, se me der na telha, mas não sempre. Filosofar sempre é cansativo e me entedia profundamente. Gosto de falar sobre o que eu gosto de fazer, do que eu fiz, das pessoas que amo, dos meus segredos e sonhos, dos meus problemas, das minhas saudades, da minha vida. Aqui é um espaço meu, vem aqui quem quer. Se não gostar, não volte mais, para mim é como se nunca tivesse vindo. Se gostar, volte sempre, porque sempre será bem recebido. Aos amigos trago sempre um sorriso no rosto e uma palavra bonita.

Escrever faz bem para quem escreve e para quem lê. É tão maravilhoso escrever algo que alguém vá se identificar, algumas palavras nos tocam profundamente e até pensamos que poderiam ter sido escritas por nós. É mágico. A forma que a pessoa escreve diz muito sobre ela, eu acredito nisso. E cada um tem seu estilo, não adianta tentar copiar o de alguém, bonito mesmo é ser você, mesmo que isso não vá te dar um prêmio.

Sei que nunca conseguirei agradar gregos e troianos, e nem quero. A mim importa a opinião das pessoas queridas, o resto é apenas o resto e aperto "delete". O que escrevo sai do meu coração, algumas pessoas entedem, outras não, mas se eu conseguir tocar uma única pessoa com minhas palavras, já me dou por satisfeita. As palavras me invadem e me tomam, sou apenas o instrumento das minhas próprias idéias, sou um reino governado por elas. E assim me sinto livre.

"Eu escrevo simples. Eu não enfeito". (C.L.)

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

No meu coração sempre cabe mais um

Ela é minha prima de coração, eu adotei mesmo! Amo o jeito doidinho dela de ser, o que nos rende gargalhadas e mais gargalhadas. Sempre. Estar com ela é ter o riso solto na certa. E eu amo muuuuito! Eu a conheci há pouco tempo, mas o carinho que tenho por ela só aumenta a cada dia, adoro estar com ela, cuidar dela... Sim, porque tenho um amor de irmã mais velha por essa menina que tanto confia em mim. Seus segredos, seus sonhos, seus problemas, tudo ela me pede opinião. Espero que sempre tenhamos a oportunidade de conviver, dividindo tantas coisas maravilhosas. O meu desejo é que sempre exista espaço para "nós" em nossas vidas.

Mayara, amo você muito!

Detalhe: Make up by me

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Um selo muito especial


Ganhei esse selinho de alguém muito especial, do meu amor Adriano, do blog Dois corações e uma história!, foi ele mesmo quem fez o nosso selinho e deu só pra mim! Fiquei muuuuuito feliz!

Ele não entendia muito bem essa história de selos, ou para que serviam e depois que eu expliquei, ele colocou na cabeça que também queria um e criou esse muito fofo! Lindo, né? Por isso que eu o amo taaanto!

Repasso para alguns blogs que sei que também dizem "sim ao amor": 

Constância, meu bem
Um certo alguém

Espero que gostem tanto quanto eu!

Beijos, beijos!

domingo, 23 de novembro de 2008

Para falar de amor


Vixe, eu ainda nem falei do meu dia romântico com meu amor, né? Bom, já coloquei mil fotinhas no orkut e no nosso blog, mas tenho que contar pra vocês o quanto foi maravilhoso!

Chegamos ao Sesc Praia e já nos encantamos com as acomodações, um chalézinho muito fofo, que tinha tudo. Inclusive secador de cabelo no banheiro, o que eu adorei messsmo, porque dormir com os cabelos molhados (que já ressecam com a água do mal e o sol) não estava nos meus planos.

Fomos pra praia do Barro Preto, que é onde fica as instalações do Sesc Praia. Estava ventando muuuuuito, aliás, como sempre venta aqui no litoral. Acho que nunca fui em nenhuma praia, em outro estado e tal, pra ventar como aqui. Mesmo na cidade, Parnaíba, uns 12 km distante da praia mais próxima, ninguém (incluindo eu) consegue ficar com os cabelos no lugar. É simplesmente impossível.

Peguei uns caldos das ondas, o mar estava bravo. Brincamos, rolamos na areia, eu até mesmo enterrei Adriano, foi muito engraçado a dramatização dele que as ondas iriam afogá-lo! Gente, esse meu namorado tem uma veia dramática que vocês não têm noção. Então fiquei tirando mil fotos, sob a lente do melhor fotógrafo do mundo, "Adriano Duran" [Pausa para gargalhadas... Kkkkkkkk!]. É claro que tem umas impublicáveis, que ele mesmo me proibiu de postar, mas dêem uma olhadinha nessas aí...

À noite, jantamos no restaurante do hotel, uma comida maravilhosa: peixe ao molho com pirão, baião de dois de feijão verde com queijo e macaxeira frita! Delííícia! Dormimos bem cedinho, de cansaço, do mar, do sol e de amor. Tem coisa melhor? Mas tenho que dizer que nem tudo foram flores, Adriano passou a noite inteira puxando o meu lençol [Kkkkkk!], tanto que acordei às cinco da manhã, com o pescoço doendo e tiritando de frio, com o split nos 17º em cima de mim. Detalhe: 17º no Piauí é praticamente neve! Fui pegar um lençol extra porque senão eu ia congelar, daí ele acordou e me fez mimo. Então esqueci a raivinha. Hehehe!

Fomos tomar café e nos deparamos com uma pessoa que nem imaginávamos: meu ex. Gente, que é isso? Só encontramos nossos ex's em situações em que nunca imaginaríamos e só em Parnaíba. E é porque os dois moram em Teresina. Deve ser um carma, sei lá. Nunca na vida nós tínhamos encontrado essa pessoa, nunca. E detalhe: Adriano simplesmente não o suporta. Mas no final das contas, ninguém se estressou, apesar de Adriano nem tê-lo cumprimentado, ficou tudo debaixo do tapete mesmo. E o café estava maravilhoso!

Mais banhos de mar, sol e fotos, fotos e fotos... Também tomamos cervejinhas, que ninguém é de ferro, né? Apesar de que o vento queria levar o isopor, a garrafa e os copos, mas nós demos um jeitinho... Ficamos só até meio dia porque tínhamos que voltar para ajudar nos preparativos do Chá de Fraldas do Gabriel, mas com a certeza de que o que vivemos lá foi mais do que especial, foi inesquecível. Coisa boa é tirar um dia para curtir o namorado, beijar muito, abraçar, dormir de conchinha, rolar na areia, tomar banho de mar, brincar juntos... Recomendo contra estresse, cansaço, fadiga e tudo de ruim!

Para falar de amor, não é necessário tempo nem espaço, quem ama e é amado está de bem com a vida, não sente inveja da felicidade dos outros, não maldiz a vida e nem é ranzinza. Porque amar faz bem! Digo e repito, amar faz bem pra alma, pra pele, pra vida, nos faz sentir que somos pessoas melhores e mais bonitas.

Por isso, hoje, tirem o dia para amar, tá?

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Blá blá blá

Hoje é sexta-feira e nem acredito que vou dormir até muuuuito tarde amanhã, meu sono de beleza, ui ui ui... Não tenho pós esse fim de semana, benção! Amo dormir e sou muito preguiçosa, já disse isso? Por mim, não acordava antes das dez todos os dias, não consigo raciocinar muito bem cedo da manhã, nunca consegui. Tempos de colégio era o fim, sempre ficava capengando nas primeiras aulas.

Estou me sentindo meio estranha, sei lá, esquisita. Essa semana foi tudo diferente, pausa no meio da semana, viagem inesperada. Sabe quando você sente uma vontade de não sei o que, que nasce não sei onde? Acho que estou é precisando de férias e graças a Deus vou ter muito em breve, em janeiro, êba! O bom é que é férias de trabalho e aulas. Nada melhor do que voltar para a casa da mamãe. Falando nisso, a casa da mamãe tá parecendo o Iraque em meio à devastação de bombas, juuuuuuro! Fui lá essa semana e mamãe me disse pra dormir na casa de Adriano porque não tinha lugar para eu dormir [como assim, Bial?], olhos arregalados, cara de gatinho do Shrek. Eu estava em Teresina e não tinha lugar para mim lá em casa? É tão legal, né, quando a mãe da gente nos dá aquela dispensada? Mas eu entendi, porque realmente só tinha teto em dois quartos, o restante estava a céu aberto, e neles estava entulhado todo o restante de móveis da casa, incluindo mamãe e Renato. Reforma em casa é foda, ainda mais quando você não pode se mudar para um hotel ou alugar uma casa para o período. Bom mesmo é depois, quando está tudo novo e bonitinho!

Natal tá chegando, né? E eu sinto tanta falta dos natais da minha infância. Familiares reunidos e unidos. Muita, mas muita gente. Dois dias de festa. Brincar com os primos até dizer chega. Comer até a barriga não aguentar mais. Receber presentes do Papai Noel. Comparar com os presentes dos primos. Olhar a decoração natalina com os olhos brilhando.

Hoje o Natal em casa é pequeno, duas famílias apenas, mas muita comida gostosa, como sempre, característica típica da família exagerada, que fala alto, ama alto, briga alto. Terceiro Natal com Adriano, mas acho que o primeiro depois disso que não passaremos juntos. Triste. Mas compreendo. Ele tem que passar com os pais dele que estarão aqui em Parnaíba.

Reveillón não abro mão. Volto para Parnaíba para curtir pré e reveillón no Sesc Praia. Com amor, irmãos, amigos. Receber 2009 cheia de esperanças, desejos e novas resoluções que, provavelmente nem cumprirei, mas ainda assim terei imenso prazer em escrevê-las com letra firme e pregar na geladeira. Janeiro, férias em Teresina, com casa nova, livre da reforma.

*******************

Escrevi tudo o que pensei, as palavras saíram rápido da mente ao teclado. É claro que muita coisa se perde no meio do caminho, mas consegui falar de tudo o que eu queria, da forma exata que eu deveria.

[Ótimo fim de semana a todos! Beijos, beijos!]

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Chá de fraldas do Gabriel

Agora vamos falar do Chá de fraldas do Gabriel, né? Ele ainda nem nasceu, mas já é o chamego de todo mundo, paparicado, dengado e mimado como só ele mesmo e Jaque é a buchuda mais amada de Parnaíba! Foi uma festinha light, regada a salgadinhos, refrigerantes (apenas!), tortas salgadas, mousse de maracujá (feito por mim, hehehe!) e pacotes e mais pacotes de fraldas pro Bielzinho lindo!
Biel tá grandão!
Adriano, Jaque e Gabriel

Eu e meu amor [bronzeadinhossss!]

Gg, Daniiiiel e eu

Carol e eu

E só pra constar, Gabriel chega em janeiro, viu? Será muito bem vindo, amado e idolatrado, salve!, salve!

Beijos, beijos!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Recondução do Reitor

Desculpem o sumiço, mas é que essa semana aconteceram muitas coisas inesperadas, como a recondução do Reitor que acabei indo prestigiar em Teresina. Revi minha querida amiga Denille, uma coisa fofa que se formou comigo e também trabalha na Ufpi. Aliás, minhas amigas dominam a Ufpi! Que se formaram comigo e trabalham na Ufpi, além de mim aqui em Parnaíba, tem: a Paulinha e a Fabrícia, no campus de Picos e Larissa, Denille, Carol e Zilmara no campus de Teresina. Em todos os concursos que fiz, sempre estive concorrendo com minhas amigas, tanto é que sempre estávamos nos reunindo nesses momentos. Vamos dominar o mundo! Uhuuu!


O sonho seria trabalharmos todas juntinhas em Teresina (incluindo a Líllian que tá no Pará, trabalhando na Ufpa!)... Um dia dá certo! \o/

Ah, é claro que Adriano também estava comigo, né?



Amanhã vou falar do Chá de fraldas do Gabriel e do meu dia romântico com Adriano.

Beijos, beijos!

"...Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo,
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo..."

(Adriana Calcanhoto - Fico assim sem você)

sábado, 15 de novembro de 2008

Update


Comentário sobre o post Porque melhor amiga é assim:

"Oooooooh amiga que lindo! Agora tô satisfeita! kkkkk... Mais importante que você pra mim não existe! Nem aguentei ler o post inteiro, chorando... depois voltei pra ler tudo... Realmente é tudo do jeito que você descreve... nossos temperamentos... nossas diferenças... Mas você sabe porque nossa amizade deu tão certo? Porque antes de tudo... antes da amizade, do companheirismo, antes das festinhas e brincadeiras... antes de tudo isso... você com seu jeitinho doce e esparramado me completa e eu com meu jeito mais sincero e sério te completo... Nossa amizade não é só coleguismo, companheirismo e diversão, nossa amizade é uma relação de amor muito bem construída através de anos...
Te amo tanto e sinto tanto a sua falta que você nem imagina..."
(Martha Senna)

Precisa dizer mais alguma coisa? Eu juuuuro que eu chorei!

Te amo muuuuuito, minha Globeleza!

Beijos, beijos!

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Estou chegando (Gabriel)

Amanhã tem Chá de Fraldas do Gabriel e advinhem onde vai ser? Lá em casa, lógico! =]

Gostaram do convite? Ficou lindo, né? A foto fui eu que tirei, é claro que tenho que me dar todos os créditos! Hahaha! O Chá de Bebê foi na FAP, porque a Jaque além de estudar, também trabalha lá. Afff, Gabriel é muuuuito paparicado, vocês não têm noção, ganhou muitos presentes lindos!

Adriano está aqui, chegou hoje e só vou trabalhar de manhã, porque vamos pra praia... Já falei que ganhamos uma diária no Sesc Praia (que é lindo!) e vamos passar um dia todinho só no love? Presente da Gg! Ai ai ai ai, é claro que nós adoramos e estávamos mesmo precisando! E o bom é que amanhã ainda chegamos a tempo de ajudar nos preparativos pro Chá de Fraldas. Eu vou fazer um mousse de maracujá, minha especialidade em doces [é super difícil de fazer! kkkkk!].

Bom, é claro que depois eu vou contar para vocês como foi tuuuudo, né? 

Beijos, beijos! Ótimo fim de semana!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Selo

Fiquei muuuuuito feliz pela escolha das amigas blogueiras Loira e Morena, do O que vamos dizer lá em casa?, em presentear o meu blog com um selinho muito fofo... Obrigada, meninas!

E agora, também vou presentear... Não vou ficar só chateando vocês com memes, não, viu? Hahahaha! 

Constância, meu bem
Scene di Vita

Eu também daria esse selo para Uma flor de menina, mas ela também já ganhou da Loira e da Morena...

Beijos, beijos!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

8 coisas para se fazer antes de morrer


Eu não disse que tinha mais um meme? Repassado pela Taís, do Scene di Vita. Pois é, tô tendo uma folguinha aqui, porque hoje é eleição para diretor do campus e está todo mundo envolvido nisso, falando só disso, então sobra aquele tempinho para velha e boa "vadiagem malemolente"... Hehehe!

Pois bem, eis as regras:
  • Escrever uma lista com 8 coisas que sonhamos fazer antes de ir pra terra dos pés juntos;
  • Convidar 8 blogueiros amigos para responder também;
  • Comentar no blog de quem nos convidou;
  • Comentar nos blogs dos nossos convidados para que saibam da "convocação";
  • Mencionar as regras. 

    Antes de morrer, eu quero:
  1. Conhecer países que eu gosto (principalmente a França e a Itália);
  2. Ter fluência em idomas (Inglês, Espanhol e Francês);
  3. Terminar minha faculdade de Administração, a pós em Gestão de Negócios e depois disso mestrado e (quem sabe?) doutorado;
  4. Casar com Adriano;
  5. Ter filhos (Isabela e Adriano Jr);
  6. Me consolidar na minha carreira, ter dinheiro para manter um bom padrão de vida, com carro, casa, viagens nas férias para lugares interessantes e uma boa educação para os filhos que terei;
  7. Ter uma casa na praia (pode ser aqui em Parnaíba, ou na praia mesmo, em Macapá ou Barra Grande);
  8. Voar de asa delta.

    Conforme solicitado, tenho que repassar para alguns blogs amigos, mas não é necessário fazer se não quiser, viu?

Um ótimo dia a todos que passam por aqui! Hoje foi o dia dos memes! Hahaha!

Beijos, beijos!

Meme: "As últimas coisas"

Recebi esse meme das amigas blogueiras Maria Flor, do Uma flor de menina e da Loira e Morena, do O que vamos dizer lá em casa? e aqui estou muito comportadinha, respondendo:

A ÚLTIMA PESSOA COM QUEM FALOU HOJE: Adriano.
A ÚLTIMA COISA QUE FALOU: Que recebi o e-mail de confirmação da nossa reserva do Sesc Praia, sobre a diária que ganhamos e vamos usufruir nessa sexta e sábado! Uhuuu!
O ÚLTIMO PENSAMENTO: "Eita, tenho que separar e entregar os convites que chegaram de Teresina da recondução do Reitor".
A ÚLTIMA PESSOA QUE SE RECONCILIOU: Com certeza foi Adriano, porque vira e mexe tem aquelas briguinhas bobas de ciúmes.
A ÚLTIMA PESSOA COM QUEM BRIGOU: Adriano, com certeza! Mas foi uma briga boba por ele ser muito ciumento e não entender que meu final de semana foi estressante e que eu não podia ficar pendurada no telefone com ele (Hahahaha! Ele vai me matar quando vir isso aqui!).
A ÚLTIMA PESSOA QUE FALOU DE DEUS PRA VOCÊ: Jaqueline, ontem.
O ÚLTIMO LUGAR QUE VOCÊ GOSTARIA DE ESTAR: Aiiii, não pode ser onde quero estar? Tá bom, deixa eu ver, vai no chute mesmo: faculdade! [Tô com preguiça!].
O ÚLTIMO FILME QUE ASSISTIU: O Chamado 2.
O ÚLTIMO LIVRO QUE VOCÊ LEU OU ESTÁ LENDO: A cidade do Sol - Khaled Hosseini.
O ÚLTIMO PRESENTE QUE GANHOU: Uma diária do Sesc Praia, da Gg, para mim e Adriano passarmos um dia todinho só no love!
A ÚLTIMA COISA QUE GOSTARIA DE ESTAR FAZENDO: Trabalhando...
O ÚLTIMO TELEFONEMA FEITO OU ATENDIDO NO SEU CELULAR OU TELEFONE: O último telefonema feito foi para Adriano e a última ligação recebida foi da Mayara, dizendo que ia lá em casa hoje à noite.
O ÚLTIMO CONSELHO QUE DEU E PRA QUEM DEU: Para a Gg aceitar a oferta irrecusável de um ex-peguete dela! Kkkkkkkkkkk!
A ÚLTIMA VEZ QUE CHOROU E PORQUE: Com certeza foi assistindo "Simples como amar".
O QUE FARIA HOJE SE FOSSE SEU ÚLTIMO DIA DE VIDA: Iria para Teresina e ficaria bem pertinho dos meus pais, irmãos e Adriano. Só isso, o dia todo.

Repasso para: 

Scene di Vita

Ainda tenho outro meme para responder e repassar para vocês também, é claro!

Beijos, beijos!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Porque melhor amiga é assim

Ela é minha melhor amiga, irmã de coração, companheira de vários momentos alegres, de tristezas, de vitórias, de conquistas, de decepções..., enfim, ela esteve comigo nos momentos mais importantes da minha vida há muitos e muitos anos. Desde quando eu nem quero lembrar, pois antes dela existir na minha vida, eu não sabia a exata definição da palavra AMIZADE.

Ela tem aquela cara de zangada, mas quem a conhece sabe que ela é uma gaiata, mesmo que seja com seu humor negro, pessimismo e piadas sarcásticas. Ela é realista, pé no chão, desde cedo aprendeu a viver e enfrentar o mundo de cabeça erguida. Nós somos tão iguais e tão diferentes, com nossos ideais de vida semelhantes e nossas personalidades exclusivas. Eu, derramada, esparramada, doida, apaixonada. Ela, contida, centrada, ciumenta, doce. Eu grito aos quatro cantos que a amo, ela fala baixinho só pra mim..., e que delicioso momento é quando o sentimento de nossa amizade ultrapassa a sua personalidade forte e sua discreta forma de expressar seus sentimentos!

Dia desses, ela me falou que não tinha nada sobre ela aqui, só sobre minhas amigas de Parnaíba, e é verdade. Algumas citações soltas, aqui e acolá, mas não havia nada sobre ela mesmo. Mas não por desleixo e falta de vontade da minha parte, longe disso. É porque tudo o que se refere a ela é especial, precisa ser pensado, analisado, planejado. Tenho tantas coisas pra dizer para ela e sobre ela, como eu sempre disse, mas tudo isso se perde em meio ao grande sentimento de amizade, carinho, afeto, companheirismo e amor por ela!

Ela é muuuuito ciumenta e eu acho lindo quando ela fica com a carinha emburrada de ciúmes, dizendo que agora só quero saber das minhas novas amigas, que faço amigos até no ponto de ônibus e que nem sinto a falta dela. Isso não é verdade e ela sabe que eu morro de saudades dos tempos em podíamos nos ver todos os dias a hora que quiséssemos, estudávamos juntas, morávamos no mesmo bairro e dividíamos nossos temores e incertezas pro futuro, nossas brigas com nossas mães, irmãos, namorados, amigos, nós dividíamos tudo o que nos fazia felizes e todas as tristezas, nós nos apoiávamos nos momentos de insegurança.

Nós conhecemos as famílias uma da outra, consideramos como nossas próprias famílias. Já aprendemos a lidar com nossos defeitos, qualidades e peculiaridades. Já entendemos que nossa amizade sempre será nosso porto seguro, por mais que exista a distância nada diminui nossa amizade, nada vai nos tirar os bons momentos, nada e nem ninguém irá ocupar o nosso lugar em nossos corações.


Martha, eu te amo, e nada e nem ninguém substituirá você em minha vida. A ti, amiga, dedico minha amizade incondicional.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Primeiras vezes

Gente, esse vídeo mais do que lindo, foi feito pelo meu amor para mim, aliás, para nós, e fala de vários momentos maravilhosos que passamos juntos, "nossas primeiras vezes"... Sei que esse vídeo combina mais com meu outro blog, o Dois corações e uma história! [na verdade já está lá], mas não consegui resistir e vou postar aqui também, porque ficou muuuuuito lindo mesmo e eu quero compartilhar minha alegria com vocês!
A única coisa que posso dizer é: Adriano, muito obrigada! Por ser quem é, por me amar e me fazer muito feliz! E por mais defeitos que nós temos, cada dia mais temos a certeza que somos perfeitos, mas somente um para o outro! E eu amo você muuuuuuito!

video

"Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida." (Arnaldo Jabor)

Momento declaração de amor!  Love is in the air!

Beijos, beijos!

domingo, 9 de novembro de 2008

Um pouco de mim


Repassado pela querida amiga blogueira, Michelle Dangeli, que me disse para responder sem reclamar e cá estou eu.
 
Nome: Jullyane Teixeira
Idade: 22
Local de Nascimento: Teresina-PI
Peso: Estou de dieta... E perguntar o peso de alguém não é educado!
Altura: 1,71 m
Apelido de infância: Todo mundo in the world do universo sempre me chama de Ju, mas os de infância são Juju, Jujuba e Belinha.
Qual é a sua maior qualidade? Companheirismo.
E seu maior defeito? Orgulho.
Qual é a característica mais importante em um homem? Sinceridade.
E em uma mulher? Coragem.
Qual é a sua idéia de felicidade? Viver bem com as pessoas que amo, conservando meus amigos e minha família perto de mim.
E o que seria a maior das tragédias? Viver sozinha.
Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Sou feliz sendo eu mesma, apenas gostaria de ter algumas qualidades a mais, mas ninguém é perfeito, né? Ah, e eu poderia ter o corpinho da Juliana Paes sem me estressar, hehe!
E onde gostaria de viver? Vivo num lugar maravilhoso e não gostaria de me mudar, pois como diria Da Costa e Silva, grande poeta e conterrâneo: “Minha terra é um céu, se há um céu sobre a Terra...”, mas é claro que desejo conhecer o mundo inteiro! Para logo em seguida, voltar correndo pro meu cantinho!
Qual é sua cor favorita? Atualmente, tonalidades de roxo/lilás. Mas sempre gostei de vermelho também.
E o seu desenho animado? O Fantástico Mundo de Bobby e Timão e Pumba.
Quais são os seus escritores preferidos? Tati Bernardi, Arnaldo Jabor, Clarice Lispector, Martha Medeiros, Florbela Espanca, Fernando Pessoa, entre outros. Mas leio de tudo e nunca fico sem ler alguma coisa!
E seus cantores e / ou grupos musicais? Minha preferida é Ana Carolina, sou doida por tudo o que ela canta! Mas gosto muito também de todos esses que estão aí do lado no “Eu ouço...”
O que te faz feliz instantaneamente? Um sorriso de criança.
Quais dons você gostaria de possuir? Teletransporte.
Tem medo da morte? Sim, sim, sim, siiiim! Da minha e de quem amo!
Quem é seu personagem de ficção favorito? Hannibal Lecter.
Qual defeito é mais fácil de perdoar? Ah, não sei! Por que cada pessoa tem defeitos tão diferentes, cada uma tem o seu defeitinho mais fácil de perdoar...
Qual é o lema de sua vida? A felicidade está nas coisas mais simples...
Qual sua maior extravagância? Maquiagem!
Qual sua viagem preferida? Sempre é a próxima viagem!
Se pudesse salvar apenas um objeto de um incêndio, qual seria? Meus álbuns de fotos da formatura.
Qual é o maior amor de sua vida? Minha família [pai, mãe e irmãos].
Onde e quando foi mais feliz? Sou feliz diariamente!
Qual é sua ocupação favorita? Ler.
Pensa em ter filhos? Sim.
Quantos? Dois [Isabela e Adriano Jr].
Um animal de estimação: Prefiro que fiquem no zoológico!
Uma atividade física: Juuuro que todos os dias eu me condeno por não praticar nada!
Um esporte: Ahn? [cara de paisagem] Para assistir: vôlei!
Um prato que sabe fazer: Macarronada.
Uma comida que gosta: Massas.
Uma invenção tecnológica sem a qual não vive: Internet e celular.
Gasta mais dinheiro com: Cosméticos, roupas e maquiagem.
Uma inabilidade: manuais [costura, bordado, crochê, pintura, essas coisas, minha coordenação motora é triste...].
O que não faria em nome da vaidade? Tudo em excesso faz mal.
Uma mania: Caretas.
Uma saudade: Meu tio que se foi...
O primeiro beijo: Nada a ver... Mas tem que ter um primeiro, né? 

E como não poderia deixar de ser, vou repassar para alguns blogs amigos: 


Espero que gostem! 

Beijos, beijos!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Simples como amar


Alguém já assistiu esse filme? É muito, muito, muito doce. Daqueles que você não consegue não assistir. Tô aqui morrendo de sono porque fui dormir às três da manhã. Ontem não tive aula [como toda quinta] e aproveitei para terminar meu artigo [viva!], hoje ele está prontinho pra ser impresso e entregue, ufa! Tanta canseira, mas ele está pronto! Hoje e amanhã tenho aula de especialização, morrendo de cansaço e sono, mas pelo menos sem um peso nas costas!

Depois que terminei meu artigo, liguei a tv e fiquei deitada, assistindo o restinho do Programa do Jô. Eu já ia dormir quando o filme começou, mas não consegui parar de ver. O filme conta a história de Carla Tate (Juliette Lewis), que após passar alguns anos em uma escola especial, em que foi "graduada", volta para casa de seus pais em São Francisco. Mas, apesar de ser intelectualmente limitada, Carla planeja morar sozinha, estudar, ter uma vida independente e também se libertar da presença da mãe, Elizabeth Tate (Diane Keaton), que a vigia de forma sufocante. Este desejo de ter seu próprio apartamento é aumentado quando conhece Danny McMann (Giovanni Ribisi), um jovem que como ela é mentalmente "lento", mas mora sozinho e trabalha. Em pouco tempo Carla e Danny estão namorando e já pensam em se casar. 



A história é doce. É simples, é leve, é bela e inocente. É a descoberta do amor por pessoas que merecem amar também, acima de suas limitações. E convenhamos, amar faz bem a qualquer pessoa! Uma das passagens mais bonitas do filme, é quando a mãe está discutindo com Carla sobre o possível casamento com Danny, e demonstra que é contra a união, e Carla diz: "Eu sei amar, mãe!". Simplesmente lindo! E incrível como não admitimos a possibilidade de que todo mundo tem direito de amar! Fica a dica pra quem se interessar...

Beijos, beijos!

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

É doce morrer no mar...

Eu amo o mar
Tem coisa mais bela? Mais misteriosa? Mais vasta? Mais intensa?
O mar me fala de segredos e sonhos, o mar me conta histórias de amores e lutas
O mar leva embora todas as tristezas e dissabores
O mar é vida
Quando eu morrer, quero que joguem minhas cinzas ao mar,
Para que eu nunca pereça
Pois como diria Caymmi, "é doce morrer no mar"...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Jornada de Administração da FAP

Eu nem contei para vocês, mas sexta passada teve início a III Jornada de Administração da FAP (a faculdade em que estudo), com o tema Marketing Turístico. Como eu nunca tinha participado de nenhuma jornada (todo ano tem!) e tenho que me interessar para conseguir as 216 h de atividades extracurriculares que preciso para me formar, me inscrevi. A Jornada vale 20 h e o máximo que podem ser pontuadas são 3 jornadas, ou seja, ainda posso participar das próximas duas (já que me formo em 2010.2) e tenho que obrigatoriamente participar para ter as 60 horas certas, pois ainda tenho que me rebolar para conseguir as 156 h restantes. O bom dessa é que o quarteto se inscreveu e tiramos mil fotos, é claro.

Olha o barrigão da Jaque!

Nós e a professora Renata

Na sexta tivemos palestra com o Secretário de Turismo do estado, Sílvio Leite. E foi ótimo por que ele falou de várias obras previstas pro litoral, as potencialidades do estado, as novas rotas turísticas e tal, coisas que interessam mesmo a gente. Coisas que nos engrandecem, coisas que nos fazem admirar ainda mais nosso estado tão lindo. Depois teve coquetel! Hummmm, delícia!

No dia seguinte, acordamos bem cedo, por que iríamos para um workshop na praia de Barra Grande, que é uma das mais longes, a 53 km de Parnaíba. Visitamos várias pousadas de Barra Grande, para ver como funciona o turismo local, que tenta preservar o meio ambiente e tem no ecoturismo sua principal fonte de divulgação. O lugar é simplesmente liiiindo! É um pedacinho de céu sobre a Terra! Tá, eu sei que sou suspeita, pois todo mundo sabe que sou apaixonada pelo Piauí, minha terra querida, mas as fotos falam por mim, então nem vou falar muita coisa, confiram! 



Almoçamos por lá mesmo e depois do almoço fomos fazer a trilha do Cavalo Marinho, uma caminhada na praia, depois passamos pela lama do mangue (e eu fiquei morrendo de nojo!), até encontrarmos o reduto deste peixe. Sim, o cavalo marinho é um peixe, mas muitas pessoas não sabem disso! Eu amei! Ecoturismo é tuuuudo de bom, fora a lama, é claro! Hahaha!
 

Minha pérola: "Tá de putaria comigo que eu vou ter que tirar meus tênis?"

Alguém tá vendo o cavalo marinho aí?

Rio Camurupim: morada do Cavalo Marinho

Mais caminhadas e muitas pérolas depois, umas 17 h, voltamos para Parnaíba, tomamos aquele banho, escovando os pés para tirar a lama debaixo das unhas, e à noite ainda tivemos maaaaais palestras. Saímos da faculdade quase 23 h.

É claro que depois dessa, eu dormi no domingo até quase 13 h, né? E, qual não foi minha surpresa, à noite, quando eu estava fazendo meu artigo (é, tô terminando!), Gg e Carol me chamam pra assistir no Domingo Espetacular da Record uma reportagem sobre o quê? Advinhem? A trilha do Cavalo Marinho de Barra Grande-PI! Nossa, ficamos muito orgulhosas!

Saí de Barra Grande com a certeza que estive num paraíso, num lugar em que não pode exisitir problemas, onde se pode sentir a presença maravilhosa de Deus! E recomendo, viu?

Beijos, beijos!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Eu já...


  • passei em concurso público
  • me formei
  • menti pro meu chefe que estava doente só para não ir trabalhar
  • ouvi "eu te amo" do Namorado, e foi sincero
  • estive num acidente de carro
  • chorei até dormir
  • briguei com a minha mãe
  • me apaixonei e não fui correspondida
  • terminei um namoro, mesmo gostando dele, por saber que era o melhor pra mim
  • fiz amizades verdadeiras por correspondência
  • briguei com meus irmãos
  • fiz amizades verdadeiras na internet
  • tomei um porre
  • me decepcionei com amizades
  • fiquei 8 meses sem falar com meu pai [embora ele sempre tenha sido meu herói]
  • morei em outra cidade
  • me perdi
  • disse "eu te odeio" querendo dizer "eu te amo"
  • dancei até amanhecer
  • fui a "Olívia Palito" da escola
  • passei o dia inteiro curtindo a fossa da melhor amiga, ouvindo Blower's Daughter no repeat
  • ri até a barriga doer
  • caí na frente do chefe
  • conversei por horas no telefone
  • dormi um dia inteiro
  • chorei lendo livro
  • perdi pessoas queridas
  • me decepcionei com familiares
  • chorei assistindo filmes
  • fiz natação
  • fiz balé
  • fui miss [do bairro que eu morava, mas fui!]
  • tirei carteira de habilitação (AB)
  • fiz cirurgia
  • disse "eu te amo" pro Namorado, e também foi sincero
  • pensei em colocar silicone
  • chorei de alegria
  • fucei orkuts de desconhecidos (e de conhecidos também!)
  • ganhei rosas
  • fiz luzes e mechas loiras
  • pintei as unhas de vermelho.
A idéia original é da Ruiva! Algumas pessoas gostaram da idéia e até resolveram criar seus próprios posts ou inovar, o importante é o quanto nós aprendemos com nós mesmos com coisas tão simples como essas!
Beijos, beijos!