quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Eu escrevo simples


"...eu só escrevo quando eu quero, eu sou uma amadora e faço questão de continuar a ser amadora. Profissional é aquele que tem uma obrigação consigo mesmo de escrever, ou então em relação ao outro. Agora, eu faço questão de não ser profissional, para manter minha liberdade."

(Clarice Lispector)

E eu concordo inteiramente com ela. Não sou profissional e nem quero ser, eu gosto de escrever, mas sobre o que eu quiser. Falar besteiras, clichês, ditados populares, cometer erros de ortografia, assassinar a sintaxe, filosofar de vez em quando, se me der na telha, mas não sempre. Filosofar sempre é cansativo e me entedia profundamente. Gosto de falar sobre o que eu gosto de fazer, do que eu fiz, das pessoas que amo, dos meus segredos e sonhos, dos meus problemas, das minhas saudades, da minha vida. Aqui é um espaço meu, vem aqui quem quer. Se não gostar, não volte mais, para mim é como se nunca tivesse vindo. Se gostar, volte sempre, porque sempre será bem recebido. Aos amigos trago sempre um sorriso no rosto e uma palavra bonita.

Escrever faz bem para quem escreve e para quem lê. É tão maravilhoso escrever algo que alguém vá se identificar, algumas palavras nos tocam profundamente e até pensamos que poderiam ter sido escritas por nós. É mágico. A forma que a pessoa escreve diz muito sobre ela, eu acredito nisso. E cada um tem seu estilo, não adianta tentar copiar o de alguém, bonito mesmo é ser você, mesmo que isso não vá te dar um prêmio.

Sei que nunca conseguirei agradar gregos e troianos, e nem quero. A mim importa a opinião das pessoas queridas, o resto é apenas o resto e aperto "delete". O que escrevo sai do meu coração, algumas pessoas entedem, outras não, mas se eu conseguir tocar uma única pessoa com minhas palavras, já me dou por satisfeita. As palavras me invadem e me tomam, sou apenas o instrumento das minhas próprias idéias, sou um reino governado por elas. E assim me sinto livre.

"Eu escrevo simples. Eu não enfeito". (C.L.)

11 comentários:

meus instantes e momentos disse...

aparecendo pra dizer alô...
Maurizio

Taís disse...

É verdade Ju. Escrever faz muito bem tanto pra quem escreve quanto pra quem lê e se identifica com aquilo.
Eu que passeio bastante entre blogs sempre acho algumas coisas que ou parecem ter sido escritas pra mim ou por mim. E é muito bom isso.
Às vezes, uma pessoa que vc nem conhece acaba te dando uma luz, ou um chacoalhão, como já me aconteceu diversas vezes.
Nada melhor pra conhecer uma pessoa do que ler o que ela escreve.
Eu tenho uma frase no meu orkut do Juan Luis Vives que diz:
"Nenhum espelho reflete melhor a imagem de um homem do que suas palavras".
E não é mesmo verdade?
Bjinhos

simone disse...

Minha linda! Amei seu blog, estou realmente fascinada, Parabéns! É ler coisas de bom gosto sempre.... Deixa eu aproveitar pra te perguntar uma coisa... to querendo fazer um blog com um cor diferente aos dos modelos q o blogspot oferece...Como faço? pode me ensinar? bjo
simoneped@gmail.com

Loira e Morena disse...

jully..
Escrever é uma das melhores formas de expressao..atravaes de palavras conseguimos colocar para fora tudo q nos faz bem e mal...adoro escrever!!!!
NAo sou escritora, nao escrevo bem, mas apenas coloco para fora minhas emoçoes por meio de palavras...

Beijocas da Loira

Carla P.S. disse...

Que lindo.. Foi dos posts mais inspirativos, até pq a Lispector é um poço de inspiração, né? Foste muito feliz na tua escolha, e nas tuas palavras...
Eu acho que nossa língua é ainda muito precária pra expressar certos sentimentos e frustrações, por isso que nem sempre conseguimos escrever o que sentimos (eu, ao menos, não)... Costumo falar pouco do que queria.. Mas que bom que ainda existe gente sensível no mundo, é por essas que ainda vale a pena, tudo.
Ah, sobre a praia, onde que é?
E pq tu tem que tá sempre linda no teu trabalho, qual é?
Beijão querida, aceite um café noturno. ;)

Lara disse...

Adorei, se expressou muito bem. E é exatamente assim, somos apenas um intermediário entre as idéias e as palavras que se escrevem atravez de nós.
beijos

Taís disse...

Ju, sabe que depois que eu mandei o selinho eu fiquei super na dúvida se eu podia ter feito isso ou não. Devia ter perguntado primeiro, mas loira já viu neh?
Bjinhos

Loira e Morena disse...

É isso resumindo..ele é legal e ponto!!..rs
quem sabe ele ainda desperta sentimentos mais profundos né..haha

Um otiimo fds par vc querida!!.
Aproveite mooito!!

Beijocas da Loira

Anna disse...

Pode ficar feliz, porque me identifiquei muito com seu texto e me vi nele. Acho mesmo que a partir do momento que você escreve pra agradar a alguém aquilo deixa de ser pra você e deixa de ser sincero.
beijos

Tati disse...

Eu sou completamente instinto. Tem épocas que a escrita me sai espontânea, a todo momento. Tem outras que ela não sai, e eu a deixo quieta. Por isso que as vezes eu não respondo alguns memes, rs. E assim tudo vai fluindo. Cada um com seu estilo. Cada um no seu quadrado. Todos nós sendo livres..na vida e nas palavras ;)

Beijo meu bem!

Ruiva disse...

Ah, é exatamente isso!!! Sou amadora. De fato.