domingo, 2 de novembro de 2008

Felipe, Felipe, Felipe Massa do Brasil

Eu nunca fui de gostar de Fórmula 1. Na verdade eu achava mesmo muito chato e não entendia quase nada. Minha melhor amiga sempre gostou, eu achava aquilo incompreensível... Mas esse ano eu acompanhei, assisti a maioria das corridas e sempre acompanhava os resultados. Não, eu não acordava de madrugada num dos únicos dias em que posso fazer o que amo demais: dormir, mas assim que acordava ligava a tv correndo pra saber do resultado, ligava pro Namorado e nem dizia bom dia, mas: "quem ganhou a corrida?". E sempre torci por ele. Sempre gostei dele. Acho que é um sentimento involuntário que todos nós brasileiros dedicamos a ele, como uma Síndrome de Ayrton Senna. E, nossa, quando ele perdeu aquela corrida por que o carro quebrou a três voltas da final [que teriam feito toda a diferença hoje!] eu fiquei inconformada! Isso sem falar nos inúmeros erros da Ferrari que atrapalharam o piloto.

Hoje, a corrida foi eletrizante do começo ao fim e eu torci tanto pro Hamilton quebrar, ou alguém bater nele! Juuuuro que não vou para o inferno por isso, por que senão não teria espaço pra tanto brasileiro por lá!

No finalzinho, a esperança!, e eu quase tive um xilique, me tremia toda! Enfim, por apenas um único pontinho ele não foi o campeão. Glock não sustentou a posição e Hamilton ficou em 5º nos últimos segundos e eu xinguei feito um moleque de rua. Apesar de toda a torcida contra, o inglês também mereceu. Qualquer um dos dois poderia ser o campeão, com todas as pompas e glórias, mais do que merecido, mais do que disputado. Mas para mim, não existe outro e muito embora eu simplesmente deteste Galvão Bueno, foi como se eu o tivesse ouvido narrar: "Felipe Massa do Brasil, campeão da Fórmula 1 de 2008".



Parabéns, Felipe Massa!

4 comentários:

.mãos coloridas disse...

ei! obrigada pela visita e pelo carinho!
(adoro unhas bem vermelhas. adoro!)
bêjo.

Carla P.S. disse...

Parabéns pelo texto, tá todo mundo comentando (eu não sou fã tb, mas achava bonita a época do Airton Senna). Entrei aqui atraída pelo título (adoro unhas vermelhas, coloração atual das minhas, por sinal).
Aceite um café. ;)
Beijos.

Loira e Morena disse...

Ahhh...bem q o dia podia sim ter mais algumas horinhas...ia ser tudo de bom..ter tempo sobrandoo..rs

Beijocas da Loira

Patricia C. disse...

Eu não acompanho, acho chato corrida, voltas e mais voltas. Mas você disse bem sobre essa sindrome de Ayrton senna, mesmo que a gente não acompanhe, fica aquela esperança do Massa ganhar e tal.

Não vi a corrida, mas quando acordei, lá pelas 5:30 da tarde, foi a primeira coisa que perguntei.

Pena que não foi dessa vez, mas pelo que tenho lido o Hamilton merecia e tal. tb é um grande piloto.