quinta-feira, 5 de março de 2009

Hoje a festa é sua...

Hoje está sendo um dia difícil porque tem formatura, então estou trabalhando bastante e para piorar não pára de chover um só minuto. Creio que a maioria das pessoas que vêm aqui sabem que sou secretária executiva e trabalho numa Universidade Federal. Além de outras coisas, sou responsável pela solenidade de outorga de grau aqui do campus e podem acreditar que é um trabalhão, não apenas na preparação do evento, mas no dia mesmo, pois também trabalho como recepcionista (isso não gera nenhum bônus por fazer parte de minhas funções na Ufpi).
Muitos detalhes e muitas pessoas para agradar, problemas surpresas, conveniência de horários do Reitor, comissões de formatura enfurecidas com qualquer imprevisto. Mas eu realmente aprecio solenidades, pois mesmo trabalhando nelas constantemente ainda gosto de participar das dos outros. Raramente vou apenas aos bailes de formatura, só deixo de ir à colação de grau se não puder mesmo. Acho uma falta de educação sem tamanho ser convidada de alguém e ir só para o baile, sendo que o mais importante de tudo não é encher a cara e dizer que o formando e você são amigos de infância e que você já o viu nu/bêbado/de ressaca/esteve com ele quando ele foi corno, etc., mas o momento solene em que o formando recebe o grau das mãos do Reitor (ou similar) da Universidade (ou Faculdade) e já pode ingressar no mercado de trabalho (ou ser preso e ficar numa cela especial).
Todo mundo sabe que um diploma hoje não assegura bom emprego para ninguém, mas já é o primeiro passo. É um momento de celebrar uma conquista e todo mundo está feliz. Se você for convidado para alguma formatura, mesmo que não goste e ache chato pra caramba todo aquele blá blá blá, vá à solenidade. Além de prestigiar seu amigo e a família dele, irá prestigiar também os organizadores do evento pelo trabalho que tiveram. Pois tudo é pensado para você. Faça alguém feliz. Prestigie, elogie, reconheça. A alegria de um formando é algo difícil de explicar, a maioria está ali por competência e dedicação. Deu sangue, suor e lágrimas. Passou noites acordadas estudando, fazendo trabalhos difíceis, se desesperando com a monografia. Aposto que você vai guardar esses momentos com carinho nas suas lembranças.
"Hoje a festa é sua, hoje a festa é nossa, é de quem quiser, quem vier..."
Beijos, beijos!

Um comentário:

Constância disse...

Concordo demais com vc. Prq eu tbm acho palha as pessoas irem só no baile.E o momento da colação é de puro êxtase.Foram anos dedicados àquilo e qdo chega a hora...É mágico!

Bom trabalho hj e paciência,prq se der força a gente acaba batendo em alguém. hahahaha

bjs

amote