segunda-feira, 18 de maio de 2009

Das palavras de amor que eu falo

Muitas pessoas me criticam, e a Adriano também. Nos acham muito derramados, muito "espalhafotosos" no nosso amor. Já recebemos muitas críticas, de pessoas amigas, de pessoas desconhecidas, da nossa família. As pessoas acham que nós não devíamos expressar o nosso amor com tamanho desembaraço, que devíamos nos amar quietinhos, para ninguém ouvir. E a gente não sabe se amar assim. Eu, pelo menos, não nasci para ser discreta. Meu amor é muito, transborda. E Adriano, bem, ele também não consegue me amar baixinho.
Eu não entendo o temor das pessoas que a gente quebre a cara um com outro, que não dê certo e todo aquele blá blá blá. A gente se ama, muito, demais mesmo. E a gente acredita que é para sempre. Não nos preocupamos em "se não der certo" porque acreditamos que vai dar certo sempre. Absolutamente.
E se não der?
Vocês devem estar se perguntando isso agora. Bom, se não der certo, iremos sofrer muito, durante um tempo vai ser horrível mesmo. Com certeza passaremos por todas aquelas fases tristes de quem termina namoros longos. Mas isso não tira a verdade do que vivemos. Concordo com Arnaldo Jabor, deu certo por tanto tempo, não dá mais, mas deu certo algum dia, teve muitos bons momentos. Se acontecer algo diferente do "para sempre", a nossa vontade, o nosso querer, não vai passar a ser mentira só porque as coisas não aconteceram como planejado. Foi verdade para nós.
O agradecimento do convite de Adriano deu muito o que falar. As pessoas acharam loucura, "um convite é para sempre". Sobre eu ser a madrinha dele no baile, outro dilema. Mas "vai ter fotos dela na sua formatura, e se vocês terminarem?". Surpresa: nós não estamos pensando no assunto. Só pra constar. Pra quem não sabe.
Se não der mais certo, partiremos pra outra, guardaremos as coisas boas e deixaremos pra trás as coisas ruins. Buscaremos a nossa felicidade novamente, de alma nova e coração renovado. O que eu não quero é ficar pensando que tudo o que eu vivo é mentira, que vai acabar, que vou sofrer. Isso não faz bem, envenena. Eu quero mais é ter pensamentos positivos, é acreditar, é lutar para fazer um amor maior e melhor, mais pleno a cada dia. As pessoas se acostumaram tanto a ser infelizes, que não conseguem permitir que alguém saia gritando a sua felicidade por aí.
Nós acreditamos, nós queremos, nós temos todo o amor do mundo dentro de nós. E nós lutaremos para que esse amor seja eterno.
"Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure."
(Vinícius de Morais)
O amor é a maior força do mundo. É nisso que acreditamos.

23 comentários:

Mosana disse...

credo, como tem gente que gosta de jogar areia na fogueira dos outros né?
odeio esse povo pessimista.
não sei viver assim tb, esperando o pior. é claro, como vc disse, que pode não dar certo, mas ao menos não há de ter sido por não terem tentado.
e viva o amor! isso que vale!
penso como vc!
vcs serão felizes eternamente! que seja eterno enquanto dure este amor! que dure para sempre!
kisses

Nuzza disse...

Gostei do seu texto, admiro pessoas que deixam o amor transbordar, afinal, pra quê esconder aquilo que se sente?
Cada um deve fazer aquilo que o deixa feliz e sua consciência tranquila. Não há razão para esconder a felicidade.

Emblemática disse...

Oi Ju, quanto tempo, hehe, eu e meus sumiços, bah guria, sei lá viu, eu acho q num mundo q valoriza a promiscuidade, a vulgaridade e etc etc etc, acho q nós temos sim q gritar bem alto nossos valores e idéias. Eu sou a favor do sentimento verdadeiro, da lealdade, do amor!!!!! E o nosso SIM à isso tem q soar bem alto!! Imagina se não, tem q gritar aos 4 ventos uma relação bonita, de dar inveja (branca hehe)... pq vejo vocês e me inspiro sabe??? Espero um dia ter uma relação como a de vocês!!!!!

Olha só Ju, eu sempre passava aqui e falava de como são lindas as prais de vocês e bla bla bla, então deixa te contar que passei uns dias em Maceió, e foi tudo de bom, fui antes daquela chuvarada que deu sabe?? Fiquei encantada, as praias são realmente lindíssimas, aproveitei muito!!! E o calor guria, meu Deus, isso estranhei bastante, pq aqui no sul já está bem frio, achei lindinho tbém o sotaque do povo!!!

Bjos

Youko Watanabe disse...

Oi Jullyane..

Realmente as pessoas estao muito desacreditadas no amor. Há quem comece um relacionamento pensando no fim, sinal que a realidade que nos cerca está nos rodeando; sorte que ainda existem pessoas como nós que acredita no amor.

beijos Flor

P.S.: Não perca a estreia do nosso novo blog hoje.. Sobretudo..

Beeeijos

Madame Poison disse...

Hehehe
Desculpe a demora da resposta. Sabe como é: vida corrida...rsrs

luluonthesky disse...

Acredito que as pessoas estão muito desiludidas por isso não acreditam mais no amor.
Big Beijos

Tay disse...

July o post ta perfeito..jamais entraria numa relação pensando no dia q ela iria terminar loucura isso....
palavras perfeitas...cm sempre!
bj
P.s: proxima semana irei te entrevistar la no meu outro blog ok???
vou fazer as perguntas e mando pro seu e-mail..por favor mande cm uma foto (vc sozinha) e as respostas.OK?
teria interesse..?
um bj

Tati disse...

Lindo.

O Soneto da Fidelidade é o meu preferido do Vinicius...

"de tudo ao meu amor serei atento antes, e com tal zelo, e sempre e tanto.."

;)

Um futuro lindo pra você, que também é linda!

July disse...

Jully...
Olha muitas pessoas ficam incomodadas com a felicidade dos outros.
Sou do tipo de pessoa reservado não sei expressar meu amor. Nunca consegui falar "eu te amo" acredita?
Mesmo morrendo de vontade de dizer... E como dia o Leoni "o que vai ficar na fotografia eram os laços invisiveis que haviam"...

Tenho certeza que um dia você vai mostrar para os seus netos as fotos da formatura do Adriano... Apesar de não saber ainda demosntrar meus sentimentos sou uma romantica incorrigivel.... E acredito no felizes para sempre...
Te desejo toda a sorte do mundo!!!
bjãooo

Ps: Que legal sua mãe ser formada em filosofia... Adoro de paixão.

Jady disse...

Vim aqui registrar o meu apoio ao "amor que grita".

Eu e o namô também temos um amor assim. Um amor grande que não cabe em nós, que precisa ser posto pra fora, exposto através de beijos, abraços, declarações e tudo o mais. E, como vocês, também não nos preocupamos com o fato de dar ou não certo, porque também acreditamos que "dá certo". Estamos há quase 10 anos juntos... Já não demos certo?:!!? E como você disse, pode não dar por uma vida toda, mas já deu por uma grande parte dela ;-)

É isso aí moça... Derramem o seu amor. Se mais gente pensasse como nós o mundo seria bem melhor ;-)

Beijos e felicidades sempre.

Debora Giangiarulo disse...

Ju adorei seu texto! Sei bem o que é isso...namorei por 6 anos, fui muito feliz, foi muito verdade nosso amor. Acabou e sobrou uma bela lembrança e uma certeza que amei muito e fui muito amada. Isso vale mais do que qualquer coisa.
Quando ao esconder o amor, acho que as pessoas deveriam esconder, ou melhor, deletar sentimentos como raiva, inveja, rancor, indiferença...amor?? esse não...esse deve ser berrado aos 4 cantos, como todas as coisas belas deveriam ser...
Um beijo!

Anna disse...

Eu acho que toda manifestação de amor é válida, contanto que essa seja real. Eu por exemplo, sou um tanto mais fria, e num relacionamento que tive com um garoto bem efusivo, as vezes tinha que ouví-lo reclamar que eu não demonstrava meu amor. Acho uma coisa muito pessoal, não muda o tamanho do amor, nem seu valor.
Se você ama, e ama demais que não consegue guardar pra si, tem mais é que ligar o foda-se e berrar pro mundo.
Beijos

.Intense. disse...

Bem que vc disse que bem parece que escreveu o post pra mim, Juh, obrigada por avisar. Achei ótimo o texto, apóio e bato palmas pra vcs...qdo comecei a fazer perguntas, sentei e li o blog de vcs inteirinho...e achei mto lindo, o carinho, o modo declarado (e claro) que vcs se amam, a força pra continuar juntos à distância...isso passa força pra quem tá 'de fora' acompanhando tb.

;)
Em verdade te digo, Juh: me acho fria. Nunca disse 'eu te amo' sem ouvir primeiro, e nunca fui de grandes declarações, mesmo qdo o sentimento é intenso e presente - acho que é por isso que se torna excesso e transborda. Pela primeira vez, não estou sentindo medo de uma coisa boa que pode acontecer...e, ainda assim, não sou capaz de declarar, de falar, de abrir o coração. Fica a lição, quem sabe aprender com vcs?

Tudo de bom, sempre...fico cada dia (ou cada post,rs) mais feliz de ter chegado até seu blog.
Bjo bjo
;*

Juliana* disse...

É isso aííí Juuuuu!Já comprei a idéia.
Eu também sou assim, não consigo esconder meu sentimento, e nem quero tentar.Eu não conseguiria, o brilho nos meus olhos logo me condenariam...Eu abraço mesmo, mando beijo (assim noa ar, sabe.rs), falo bem alto que amo, que vamos nos casar, QUE SOU FELIZ POR AMÁ-LO!E isso não faz com que eu exponha nossa relação, pelo contrário, faço questão de preservá-la.
E quem quiser que conte outra...
Essas pessoas falam porque não tem coragem de se expressar, de se entregar ao que sentem.
Então fale bem alto pra todo mundo ouvir!!!!!

beijos e boa semana

samantha disse...

Ei amiga, a vida é uma só e ela passa tão rápido. Aproveite cada instante e ame bastante. VIVA! E se não der certo... você e ele viveram e curtiram cada momento.
Beijo

Dri Viaro disse...

se vcs se amam, que lindo, e que continuem assim, não liguem para o que os outros falam, o que importa é o que vcs sentem!!
e assim Ju, se der certo que maravilhoso, e se um dia vcs resolverem seguir caminhos diferentes, é pq não era pra ser né? mas o amor de vcs é lindo, parabens
bjss

M. disse...

Para a puta que pariu com esse povo pessimista.

Manda uma banana bem grande para tds eles. Certeza que metade dessa galera aí não come ninguém faz tempo.

Felicidades para vcs.

Que tirem o máximo de proveitos e lições desse relacionamento.

Bjos.

Madame Poison disse...

E com o Hugh Grant cantando...pelo amor de Deus..maravilha né???

Rafaela disse...

Falou e disse! AMEI SEU TEXTO Jully! Parabéns! Eu e meu noivo fizemos isso também, nos formamos juntos e trocamos agradecimentos em nossos convites, e mais, o pai dele foi meu padrinho de formatura, pq meu avô é bem velhinho, não poderia, e meu pai mora longe e não pôde vir também, enfim, não pensei duas vezes! Estamos há 5 anos juntos, se não der certo amanhã ou depois, ou daqui há 20 anos, até que esse momento do "fim" aconteça, já DEU CERTO durante todo tempo...
Não vou deixar de pensar em nós, no NOSSO bem estar, e não tô nem aí pro que o povo pensa, ainda mais esse povo com uma mentalidade pequena dessas... Mais uma vez, PARABÉNS!!

Moça, vc nem me falou da câmera que vc comprou pelo ML, uma referência sua seria ótimo pra eu criar coragem e comprar tb, hehehehe. Meu e-mail: rafaelahs@gmail.com

Beijinhooooo =*

cintia1971 disse...

Amor q é amor, é assim.......e deve ser espalhado ao 4 ventos!!! deixe quem quiser falar, percebo q hj a felicidade alheia incomoda mais q a infelicidade....portanto, não dê ouvidos, simplesmente ame, ame muito!!! beijos felicidades sempre p vcs

Aline disse...

Argh, pessoinhas mais mal-amadas! Se não der certo, pelo menos, vai ficar a lembrança de um momento muito especial.

Na próxima manda cada um se preocupar com sua própria vidinha. ;)

Constância disse...

A gente ama,só isso.Acho amar uma coisa simples,as pessoas é que complicam.
E concordo com vc,se a gente ficar pensando que vai acabar um dia nem começaríamos a namorar.Ou então viveríamos uma grande mentira.
Dou total apoio ao amor esparramado e sincero.Talvez porque eu também seja assim (o que choca algumas pessoas que me imaginam um ser de coração duro).

Ame e dê vexame!

Taís disse...

Ahh mas nem pense duas vezes em quem tem esse tipo de pensamento e atitude, essas pessoas só gostam de jogar areia no que é lindo, talvez por não terem algo assim.
E que seja infinito enquanto dure...
Bjkas