sexta-feira, 15 de maio de 2009

Ele não está tão a fim de você

Fui assistir, ontem, com minhas amigas (Carol, Gg e Jaque) "Ele não está tão a fim de você" e realmente me surpreendi com o filme. Sim, é uma comédia romântica, sim é mulherzinha, mas de um jeito diferente. O título já nos dá uma idéia bastante nítida da mensagem principal do filme. Não importa se uma mulher vive em Nova York ou numa aldeia na África, ela tem a necessidade de saber todas as razões sobre o por quê da maioria dos relacionamentos amorosos dela não dar certo. Neste sentido, o consolo ou o conforto vem sempre de frases batidas, como “o problema é que ele não consegue se comprometer”, “ele acaba de sair de um relacionamento sério”, “ele lhe ignora porque, no fundo, gosta de você”, entre outras.
O filme tem como protagonista a jovem Gigi (Ginnifer Goodwin). Ela está em busca de um grande amor e, no decorrer do filme, acompanhamos os encontros, desencontros e os mal-entendidos dela com os homens. A história de Gigi desencadeia a de tantos outros personagens (Bradley Cooper, Jennifer Aniston, Jennifer Connelly, Scarlett Johansson, Ben Affleck, Justin Long, Kevin Connolly e Drew Barrymore) que possuem relacionamentos com o amor tão complicados quanto os da protagonista.
"Ele não está tão a fim de você" tenta não seguir qualquer fórmula e nos relata que, no amor, o importante é manter a esperança, deixar a porta aberta, não ter medo de largar o que nos traz infelicidade e começar tudo de novo e, principalmente, não ficar encucando demais com as coisas – afinal, o amor é um dos poucos sentimentos que nasce de uma forma natural, e não forçado. O resultado é um filme que nos deixa felizes, afinal mostra momentos que agradam aos românticos incuráveis (como eu) e retrata instantes que não deixam frustrados aqueles que ainda têm que viver um grande amor.
O que eu achei mais interessante mesmo no filme foram as opiniões de Alex (Justin Long), que com uma sensibilidade nem um pouco apurada diz muitas verdades que muitas mulheres se esforçam para não enxergar. Se ele não ligou é porque simplesmente não está a fim de você. Ponto. A avó dele não morreu, ele não quer dar um tempo de relacionamentos, não perdeu seu número, ele só n-ã-o-e-s-t-á-a-f-i-m-d-e-v-o-c-ê. Simples assim. Quem quer, dá um jeito, quem não quer, inventa uma desculpa. Se um homem quer ver você, ele vai onde você estiver, ele arruma seu número com conhecidos, ele procura seu nome nos sites de relacionamento, enfim, se ele realmente se interessou, ele dá um jeito. Então, o que podemos concluir, é que a ilusão é criada pelas próprias mulheres, que ficam procurando desculpas para as atitudes dos homens, se valendo de casos que aconteceram com amigas, amigas de amigas ou apenas conhecidas das amigas para justificar positivamente atitudes que não querem dizer nada mais do que "não estou a fim de você".
Adorei o filme. É, eu sou mulherzinha. E não, não sou uma grande crítica da sétima arte. Eu gosto de comédias românticas, de dramas, de suspenses e de terror. Não sei dizer se o filme é bem produzido ou bem dirigido. Eu considero um filme bom se ele conseguir me tocar, se isso quer dizer que eu sou ralé, pois é, eu sou "povão" mesmo.
Beijos, beijos!

17 comentários:

Ka disse...

O filme é ótimo mesmo... permite gargalhadas, aflições, lágrimas, torcida...

Esse filme é baseado num livro, que tem o mesmo título do filme. O filme deu apenas algumas tiradas, o livro é MTO mais completo.. vale a pena ler..

Tati disse...

Esse filme é super mulherzinha e tem que ser visto com as amigas. Também ja fui ver com as minhas e foi maravilhoso! ;)

Beijo beijo!

Manu disse...

Ai, fiquei morta de inveja agora PQ n consegui assistir. Ele já saiu de cartaz aqui e eu vou ter que aguardar na locadora. Mas nem é a mesma coisa. Gosto de telona, sabe?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Obrigada pelo texto.
Amei!

Obs: Se ele não me ligou, é pq não está tão afim de mim, né?
hahahhahahahhahahahahh

Bjssssssssssssss.

Taís disse...

Eu adorei esse filme também, assisti tem uma semana, baixei na net. E é verdade, tem um pouco da gente em cada uma daquelas mulheres.
Bjinhos

Loira e Morena disse...

Tbm adoro uma comédia romantica, mas esse filme ainda nao fui ver, mas pretendo..hehe
Desejo um otimo final de semana!!

Beijaooo da Morena!

Mosana disse...

ainda não vi, mas o povo tem falado super bem desse filme.. uma hora eu vejo!
mas tb gosto de filmes que Me dizem alguma coisa.. não necessariamente amado pela crítica!
acho que deve ser assim
kissese valeu a força!

.Intense. disse...

graças a vc, resolvi tentar acessar o link do Vermelhas Unhas, e, surpresa: voltou a abrir blogs aqui do trampo! (detalhe que eu comecei a escrever aqui de manhã, sai pra almoçar, levei quase 3horas pra voltar, ahuahuaauh...) Adorei o post, Juh...o trecho

"o importante é manter a esperança, deixar a porta aberta, não ter medo de largar o que nos traz infelicidade e começar tudo de novo e, principalmente, não ficar encucando demais com as coisas – afinal, o amor é um dos poucos sentimentos que nasce de uma forma natural, e não forçada. "

veio mto a calhar - é sempre bom, pra quem já tomou um tombo grande e tenta acreditar de novo no amor e suas 'coisas', ouvir isso. e, concordo com o filme, e com seu texto: quem quer dar jeito. não apareceu? esquece!

obrigada pelo coments no blog, Juh...adorei. talvez a partir desse (ou dos próximos) posts, vc passe a entender pq andei fazendo tanta pergunta sobre seu 'namoro à distância'...

;)
bjo bjo!

July disse...

Jully
Tô ansiosa para o filme estrear aqui! Estou louca para assistir desde que vi o trailler.... Humm e depois do seu post fiquei mais ansiosa ainda.
Adoro comédias romanticas, adoro cinema e concordo com você não sou uma crítica de arte apesar de estudar muito sobre isso, para mim filme bom é aquele que me toca que me faz sonhar!!
Bom final de semana
bjãoooo

Anna disse...

Também adorei o filme! Além de um super elenco (ScarJo, Jennifer Anniston, Drew Barrymore), tem uma temática muito legal e plausível. Me surpreendeu muito, principalmente porque peguei a sessão simplesmente porque queria ir ao cinema, haha.
beijos

Debora Giangiarulo disse...

Ju vi esse filme e também adorei. Fique realmente impressionada como pude me identificar em diversos momentos... E também adorei o ALEX, adoraria ter um amigo desses na minha vida..acho que ajudaria bastante...rsrsrsrs
Bjs!!

luluonthesky disse...

Oba, filme pra ver na sessão da tarde..
Big Beijos

Lara disse...

hahaha, também sou do povão!
Tou afi de assistir esse fime, só de ter a Drew Barrymore deve ser bom. E também sou mulherzinha.
beijos

Rossana Fernandes disse...

Chorei, chorei, chorei (música de corno ao fundo).
O filme é muito bom mesmo.
Bjsks

Valdemir Reis disse...

Olá estou visitando este espaço maravilhoso! Parabéns pelo excelente trabalho desenvolvido. Excelente suas publicações, gostei da dica, comentam ser muito bom este filme, grande escolha, muito bom gosto, legal, gostei. Valeu ter passado aqui. Feliz e honrado por sua amizade. Temos um PRÊMIO para você, passa lá no blog wwww.valdemireis.blogspot.com, fique a vontade, se gostar leve o seu, muito obrigado! Assim acredito aquele que caminha sozinho pode até chegar mais rápido... Porém quem segue acompanhado de um amigo com certeza vai mais longe... Espero sua visita! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Votos de um ótimo domingo, sucesso, muita paz, saúde, brilho, bênçãos, proteção e alegria. Fique com Deus. Um abraço fraterno.
Valdemir Reis

Tay disse...

Olá,vim te convidar pra conhecer o nosso mais novo ponto de encontro feminino.
Te aguardo amanha na nossa estreia...
http://sobretudo-de-mulher.blogspot.com/

Passa lá.
bj
Tay

Dri Viaro disse...

adorei a dica
bjs boa semana

Constância disse...

Não vi o filme,mas já li o livro.Foi-me de gde ajuda pra relaxar e deixar a vida me levar.Agora cá estou amando loucamente e sendo correspondida. lindo né?