sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Desafio Literário Junho - Doidas e Santas

Título: Doidas e Santas
Publicado em: 2008
R$: emprestado pela Lu, mas tá em promoção, R$ 21,40 no Submarino.
Sinopse:
Doidas e Santas reúne cem crônicas que falam direto ao coração de suas leitoras e seus leitores. Nelas, Martha expõe os anseios de sua geração e de sua época, tornando-se uma das vozes mais importantes entre as recentemente surgidas no cenário nacional. As alegrias e as desilusões, os dramas e as delícias da vida adulta, as neuroses da vida urbana, o prazer que se esconde no dia-a-dia, o poder transformador do afeto, os mistérios da maternidade, enfim, o cotidiano de cada um de nós tornou-se o principal tema da autora.
Sobre a autora: Martha Medeiros, poeta, cronista, romancista, conquistou o Brasil com seus textos, publicados em jornais de repercussão nacional, sites e livros que se transformaram em best-sellers.
Doidas e Santas é um livro que reúne cem crônicas de Martha Medeiros já publicadas em jornais, revistas femininas, internet, etc. Com certeza você já leu pelo menos uma das crônicas desse livro. Não dá pra narrar uma história, o cotidiano é inspiração da autora. Dona de uma sensibilidade incomum, Martha Medeiros tem para tudo um olhar, uma reflexão e uma reação fresca, nova, de alguém que pela primeira vez se depara com o inesperado, seja o assunto o Dia dos Namorados, a decisão de se começar a fumar, um sentimento de desconforto por qualquer coisa, uma paranóia que se imiscui na consciência ou um amor que acaba. Sempre terna e indignada, amantíssima da cultura contemporânea e dona de um imbatível senso de humor, em suas crônicas – assim como em sua poesia – Martha torna, para todos nós e com muita destreza, mais concreto o intangível da vida.
Bom, é claro que essa resenha está muitíssimo atrasada, mas em minha defesa tenho a dizer que li o livro ainda no mês de junho, só não tinha feito a resenha e como não quero desistir do desafio, resolvi publicá-la mesmo atrasada. A resenha de julho, que requeria que eu lesse um livro que houvesse sido adaptado para o cinema, mas que eu não houvesse assistido ainda, também sairá em breve e foi uma leitura deliciosa de O retrato de Dorian Gray, emprestado de um amigo muito querido, Eduardo 'mau-caráter'. Enfim, ainda não comecei a ler nada para a resenha de agosto, tô muito impressionada com Dexter - a mão esquerda de Deus, mas como a Natália e a Lu já sugeriram, vou ler O caso dos dez negrinhos, da Ágatha Christie, assim que a internet me ajudar a baixar, certo? Vou colocar tudo em dia muito em breve, confiem!
Beijos, beijos e bom final de semana!
Posts relacionados:

4 comentários:

Naiara disse...

as melhores dicas de livro por aqui sempre... valeu :)

Lulu disse...

Já ouvi falar desse livro.
Realmente não sei o q acontece, qq coisa me manda um email.
Big Beijos

Alice Voll disse...

eu já li esse livro, engraçado, esses dias o vi na estante e pensei em relê-lo, mas em aula nem rola! quero outro dela e outro da Tati Bernardi!
Quanto ao post abaixo, morro de vontade de fazer mestrado fora, mas no meu caso no EUA, sou louca com esse pais!
eu DETESTO jogos, aff, enfim alguém em entende!
já gostei de algumas novelas, mas há anos não acompanho nenhuma! eu amo filmes, mesmo mesmo!
sorvete é meu ponto fraco, certeza!

Natália disse...

Nunca li nenhum livro da Martha, mas já me indicaram vááários.
Agora tô muito sem tempo e cheia de pendências pra ler, mas esse tá na lista, com certeza.

beijinho