sexta-feira, 26 de novembro de 2010

.no limite.


Ultimamente tô ficando cansada só de pensar em acordar. Um novo dia é recebido por mim com uma profunda preguiça de viver. Isso porque estou fechando um ciclo muito importante da minha vida e isso demanda pequenas - e grandes - coisas com que se preocupar, entre outras coisas tenho que terminar tcc e todo mundo sabe o quanto isso é chato, além de resolver mil problemas da formatura e conviver constantemente com as pressões de prazos de final de curso (como entrega de relatórios de estágio supervisionado e atividades complementares), não é o fim do mundo, claro, todo mundo passa por isso, mas tem me deixado muito estressada.
Sem contar na insônia que tem me atacado, vocês não tem noção do quanto eu fico mal humorada se não consigo dormir direito, porque eu adoro dormir e definitivamente tenho sono, mas não consigo descansar, 'desligar,' sabem? Fico 'fritando' na cama de um lado pro outro a noite inteira e me irrito ao acordar com os olhos 'cheios de areia', muitas vezes nem parece que dormi, é como se tivesse passado a noite em claro, tirando leves cochilos por poucos minutos.
Não tenho rendido muito no trabalho também, acho que preciso de férias. Mas férias de verdade, sabe? Não como as últimas que tive que foram só de coisas e mais coisas - chatas - para fazer. As aulas estão praticamente no fim, mas chego em casa com vontade só de dar um tempo de tudo, procuro o apoio dos meus livros, sempre posso contar com eles. Me distraio e me divirto.
Vou levando, na verdade, sei que é fase, que em breve vou terminar meu curso e nem sei de verdade o quanto ficarei feliz com isso, já que faço Administração desde 2005 sem nunca ter reprovado nenhuma disciplina. Culpa de ser transferida, claro. Desperdicei disciplinas, notas e muitas aulas que tive na Uespi. Claro que não foram um desperdício completo porque aprendi também com elas, além, é claro, de ter cursado com pessoas maravilhosas que ainda hoje contribuem de forma absolutamente indispensável para a minha vida. Concluir esse curso foi desgastante e exigiu demais de mim, mas sei que a vitória terá um gosto muito mais doce, justamente por isso.
Eu quero uma licença de dormir,
perdão pra descansar horas a fio,
sem ao menos sonhar
a leve palha de um pequeno sonho.
Quero o que antes da vida
foi o sono profundo das espécies,
a graça de um estado.
Semente.
Muito mais que raízes.
 

(Exausto - Adélia Prado)

10 comentários:

Luciana Lís disse...

Ju, eu fiquei com preguiça só de ler. Cansada demais, né?
Mas fica tranquila, a recompensa vai ser um belo descanso, daí vc vai poder se dedicar mais a sua vida de sindicalista! kkkkkkk

\o/


Beijos, fica bem!
Amo vc.

Jady disse...

Tu tá na vibe de um post que fiz essa semana... É horrível ficar assim. argh... Sai desse corpo que ele não te pertence ;-)

Beijo em tu

Aline Monteiro disse...

Não se preocupe, Ju, vai passar. Eu já tive o meu quinhão de cansaço na época da formatura. Foi osso, mas sobrevivi e hoje até acho graça do meu desespero da época. O melhor é se acabar na festa de formatura!
Serenidade pra vc.
Bjo

Bel disse...

Eu sei bem o que é isso... estou exausta pelo mestrado e por tudo mais que está enchendo minha vida... Não estou reclamando, só queria ter tempo pra dormir em paz, e só acordar qdo o sono passar...

Bjo, querida!

Constância disse...

eu te entendo amiga,to numa fase bem parecida.Mas garanto que depois terá um gosto beeem doce.
Tem foto nova no meu orkut,vc viu?
bjs amote

Debora Giangiarulo disse...

Querida, sem duvidas é uma fase...e que fase! Ja passei por ela e não foi nada facil mas o sabor da vitoria é delicioso!
Tente descansar um pouco...
Um beijo do bloco!

Naiara disse...

Sei bem o que é isso, formei em setembro. Mas teve uma coisa que você falou que é a maior verdade: É FASE! Vai dar tudo certo e um dia você vai estar com saudades desses dias de correria. Força aí ;*

.Intense. disse...

Pensei em falar o mesmo que a Aline, mas Rainha do Exagero que eu sou, sempre acho que a fase atual - em termos de cansaço (e falta de dinheiro tb ¬¬) - sempre é pior do que qualquer uma anterior. Mas lembro claramente que a época da formatura foi terrível, mesmo, como se tivessem somado todos os fins de período da faculdade inteira em um só.

Respira fundo, Ju, e pensa: todo mundo passou, vc tb vai passar.rs E, até lá, de vez em quando, se dê um dia de folga. Pra fazer nada, ou pensar em nada. Pra recarregar, até as férias. Janeiro tá aí!

o/

=*

Rossana Fernandes disse...

Daqui a pouco isso passa.
Se foque e tente terminar o mais rápido possível. Você verá que o esforço valerá a pena.

Que tal participar do amigo secreto do blog pra dar uma "desanuviada"?

bjs

Livia disse...

Não gosto nem de lembrar da época que mal acordava já estava cansada. Mas uns segundos passam e eu sinto a maior falta!

Mais uma etapa na sua e assim como em todas as outras, terá sucesso pleno!

Beijos, te amo.